Este será um espaço de partilha e de encontro dos Jovens do Arciprestado de Vieira do Minho. Participa com os teus comentários, testemunhos e outros contributos que aches úteis.
Sábado, 28 de Outubro de 2006
O abortista

Fui certa vez ouvir uma conferência dada por um médico norte-americano chamado Bernard Nathanson, que, para começar, pousou as mãos abertas sobre a mesa e disse que aquelas mãos tinham feito muitos milhares de vítimas. Era um homem profundamente arrependido, que corria o mundo procurando resgatar alguma paz interior, um homem perseguido por terríveis remorsos. A utilização de uma nova tecnologia para estudar o feto no útero, quando se tornou director de um grande hospital de obstetrícia, fê-lo compreender a enormidade do seu erro.

Pessoalmente responsável por 75 000 abortos, tinha sido pioneiro do abortismo nos Estados Unidos, fundando o N.A.R.A.L com o propósito de  revogar as leis americanas, que eram contrárias ao aborto. Em apenas cinco anos, de 1968 a 1973, apesar de a maioria dos americanos serem contra o aborto livre, conseguiu que este fosse legalizado até ao momento anterior ao nascimento.

Como o conseguiu? No seu livro "The Hand of God" conta tudo:

"A primeira táctica era ganhar a simpatia dos media. Convencemos os meios de comunicação de que permitir o aborto era uma causa liberal (…). Nós simplesmente fabricámos resultados de sondagens fictícias (...) - que 60% dos americanos eram favoráveis à liberalização do aborto (...). Poucas pessoas gostam de fazer parte da minoria (...). Enquanto o número de abortos ilegais era aproximadamente de 100 000, nós dizíamos incessantemente aos meios de comunicação que o número era de 1 000 000. A repetição de uma grande mentira convence o público. O número de mulheres que morriam em consequência de abortos ilegais era cerca de 250. O número que dávamos constantemente aos meios de comunicação era 10.000 (…)".

"A segunda táctica era atacar o catolicismo. Nós difamávamos sistematicamente a Igreja Católica e as suas "ideias socialmente retrógradas", e apresentávamos a hierarquia como o vilão que se opunha ao aborto. Esta música foi tocada incessantemente. Divulgávamos aos media mentiras como: "todos sabemos que a oposição ao aborto vem da hierarquia e não da maioria dos católicos", "as sondagens provam que a maioria dos católicos quer uma reforma"... E os media martelavam tudo isto sobre os americanos, persuadindo-os de que quem se opusesse ao aborto livre estava sob a influência da hierarquia católica e que os católicos favoráveis ao aborto eram esclarecidos e progressistas. O facto de que as outras religiões, cristãs e não cristãs, eram (e ainda são) completamente opostas ao aborto foi constantemente silenciado, assim como as opiniões dos ateus pró-vida."

"A terceira táctica era obscurecer e suprimir toda a evidência de que a vida se inicia na concepção. Uma táctica favorita dos abortistas é a ideia de que é impossível saber quando se inicia a vida humana; que isso é uma questão teológica, moral ou filosófica; nada científica. Ora a fetologia tornou inegável a evidência de que a vida se inicia na concepção... (…) A permissividade do aborto é claramente a inegável destruição de uma vida humana (…). Como cientista, eu sei - e não apenas "acredito" - que a vida humana se inicia na concepção".

 Paulo Geraldo

 


tags:

publicado por Padre às 23:57
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre Nós
pesquisar
 
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

O CVJ Leva-te a Madrid

Inscrições para as Jornad...

Cruz das JMJ em BRAGA!!

A carroça vazia

Peregrinação a S. Bento

Peregrinação Jovem a S. B...

Abertura do Ano Sacerdota...

Noite UP'S - Upa para o S...

Sacerdote raptado no Delt...

Papa explica levantamento...

Tristeza marca celebraçõe...

Igreja Católica

Jovem Catolico

Por que sou Católico?

Actriz de Hollywood num c...

Mensagem para XXII Jornad...

Caminho Quaresmal 2007 da...

Mensagem do Santo Padre p...

O padre é o “tem de”

Sacerdotes

Início do Ano Litúrgico n...

OBRIGADO!!!

Porque é que os cães não ...

Os jovens e a felicidade.

Laudes

A juventude na Igreja

Visitas pastorais

Visitas Pastorais ao Arci...

Happy Birthday

ECOGRAFIA - 10 Semanas

arquivos

Março 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

tags

todas as tags

links
Hit counter
online
manda um email
Caixa Postal